HOME > DESTAQUES > 27% dos eleitores ainda não têm cadastro biométrico no país
27% dos eleitores ainda não têm cadastro biométrico no país

27% dos eleitores ainda não têm cadastro biométrico no país

Dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) revelam que 27% dos eleitores ainda não fizeram o cadastro biométrico no Brasil. Parte deles terá o título cancelado caso não faça a coleta de impressões digitais e a atualização de dados até maio de 2020, já que a biometria será obrigatória em várias cidades do país. O 1º turno das próximas eleições será realizado daqui a um ano, em 4 de outubro de 2020.

Levantamento feito pelo G1 junto aos 26 TREs (tribunais regionais eleitorais) mostra que a votação por biometria será obrigatória em 4.578 municípios – mais de 80% do total.

Atualmente, segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), 107 milhões de eleitores fizeram o cadastro biométrico. No Brasil, há 146 milhões de eleitores. A meta do TSE é que a votação com biometria seja obrigatória em todo o Brasil nas eleições de 2022.

O Rio Grande do Sul tem 75,8% dos seus eleitores com o recadastramento biométrico já feito, todos os municípios terão obrigatoriamente eleição por biometria nas eleições de 2020. Nas eleições de 2018, a biometria já era obrigatória em todo o estado.

O que acontece se seu título for cancelado?

Não poderá votar

Não poderá solicitar passaporte, carteira de identidade ou qualquer outro documento que necessite da certidão de quitação eleitoral

Não poderá se inscrever em concursos públicos ou tomar posse em cargo ou função pública

Não poderá receber salário ou qualquer outra remuneração de emprego ou função pública

Não poderá participar de concorrência pública ou administrativa em qualquer autarquia da União, dos estados, dos municípios ou do Distrito Federal

Não poderá pedir empréstimos em banco ou estabelecimento de crédito mantido pelo governo

Não poderá renovar ou fazer matrícula em estabelecimentos de ensino público

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Ir para o topo da página
Pular para a barra de ferramentas