HOME > AGRONOTÍCIAS > Colheita do trigo é finalizada no Estado com produtividade abaixo da estimada
Colheita do trigo é finalizada no Estado com produtividade abaixo da estimada

Colheita do trigo é finalizada no Estado com produtividade abaixo da estimada

A colheita de trigo foi finalizada no Rio Grande do Sul e a produtividade média apresentada ficou abaixo da estimada pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater). A qualidade, no entanto, é regular.

A semeadura da soja e do milho, em contraste, tem apresentado boa qualidade. A Emater sinaliza que o clima tem beneficiado o desenvolvimento. Nas duas culturas, a semeadura atingiu 91% da área projetada para esta safra, que é de 5.890.619 hectares para a soja e de 738.074 hectares para o milho.

MILHO

As lavouras de milho encontram-se na fase de desenvolvimento vegetativo (49%), floração e enchimento de grãos, favorecidas pelas condições climáticas (chuva, calor e luminosidade). A qualidade é boa, com potencial produtivo acima de 8,5 toneladas por hectare.

Mesmo com a previsão de escassez de chuva para os próximos dias, a expectativa dos produtores é de “uma boa safra para a cultura”.

SOJA

Na soja, a semeadura avançou, variando com a intensidade das precipitações de chuva nos municípios. Resta concluir a semeadura em 9% da área. No Estado, 89% das lavouras de soja estão em germinação e desenvolvimento vegetativo, sendo que muitas estão sendo replantadas pela baixa germinação das sementes, causada por baixo vigor, solos compactados e ataque de fungos nas sementes. O excesso de chuvas tem provocado erosão do solo, principalmente em áreas sem cobertura de palha.

ARROZ

O plantio do arroz está finalizado no Estado, com 99% das lavouras em fase de germinação/emergência e desenvolvimento vegetativo. O clima favoreceu essas fases iniciais das plantas, e a cultura tem demonstrado bom desenvolvimento, favorecido pela umidade do solo e por dias com ótima luminosidade e calor. Produtores já iniciaram a irrigação.

FEIJÃO

No feijão 1ª safra, resta implantar as lavouras situadas nos Campos de Cima da Serra, região que inicia a semeadura entre as duas safras distintas do Estado. As demais lavouras encontram-se em sua maioria em estágio de desenvolvimento vegetativo (38%) e enchimento de grãos (23%), e as lavouras em final de ciclo já se encontram em colheita. Essas primeiras lavouras colhidas (6%) são de pequeno porte, apresentando boa produtividade e excelente qualidade do grão.

– Segue o bom desenvolvimento da cultura com alto potencial produtivo – avalia a Emater.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Ir para o topo da página
Pular para a barra de ferramentas