HOME > ENTRETENIMENTO > Com receita inusitada de xis, santiaguense vence o Tastemaker Brasil
Com receita inusitada de xis, santiaguense vence o Tastemaker Brasil

Com receita inusitada de xis, santiaguense vence o Tastemaker Brasil

Na quinta-feira (06) foi ao ar o último episódio de um reality show culinário da Tastemade Brasil. E o santiaguense Ricardo Toscani, 38 anos, foi o vencedor com uma receita que tem origem de referência em Santa Maria: um xis. Feito na chapa, como o tradicional lanche que os santa-marienses estão acostumados a saborear, a receita de Tosca, como é conhecido, foi ousada: ao invés da carne de gado, bacon ou linguiça, ele usou salmão com maionese com base de abacate no recheio.

Para dar um toque que remetesse ao xis bacon, um de seus sabores preferidos, Tosca usou também a pele do salmão e ainda brinca: “esse é o bacon que vem do mar”. 

No episódio, ele contou com a ajuda de uma das participantes, que já tinha deixado o programa, para fazer a receita. Foi Joana Santibanez, de Campinas e com origens chilenas, quem pediu para que o avocado (abacate) fosse usado na receita. 

O programa foi gravado em setembro. Desde então, Ricardo já sabia que era o vencedor mas teve de guardar o segredo, assim como sua mulher, Lúcia, e a filha de 9 anos, Alice. Os episódios são publicados na internet, na página de Facebook e no Youtube. Apesar de fotografar pratos profissionalmente, por ora, na gastronomia, Ricardo vende geleias fabricadas por ele. Retomar suas receitas na internet ou até mesmo cozinhar como fonte de renda não é descartado de seus planos para o futuro.

Assista, abaixo, o programa “Chapa comigo”, onde Tosca executa o Xis Salmão. 

Herança gastronômica: Santa Maria

Nascido em Santiago, Ricardo morou desde os 7 anos em Santa Maria. Formado em Desenho Industrial pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), ele mora em São Paulo, onde trabalha como fotógrafo.

Ricardo, inclusive, faz trabalhos focados em fotografia de comida e tem um blog de “culinária tosca, a Toscozinha“. Além disso, já fotografou pratos feitos pela Rita Lobo, apresentadora de programas de culinária da GNT.  

É neste blog que, cada vez que prepararia uma refeição em casa, anunciava aos amigos como se sua cozinha fosse um restaurante.  

– Eu tenho um restaurante fictício. Aí publicava: hoje vou fazer arroz com galinha, por exemplo, e temos reservas disponíveis para seis pessoas. Hoje tenho reservas para oito. Aí, quando fui fazer xis em São Paulo, pela primeira vez, vieram 32 pessoas. Não tinha como eu fazer para mais gente porque minha sogra tinha vindo nos visitar e trouxe 36 pães de xis. Dois eu tinha guardado para o caso de algum dar errado e outros dois para levar até uma padaria de São Paulo e descobrir se eles fariam algo parecido – conta. 

Assim que soube que faria a prova na chapa, ele não teve dúvidas em preparar o lanche mais querido de seu Estado. Ricardo conta, inclusive, que um dos operadores de câmera do programa é gaúcho e foi quem deu a primeira mordida após o prato ficar pronto.

Ricardo explica que pode viajar pelo mundo inteiro, mas é em Santa Maria que tem sua maior referência culinária:  

– Se tivesse de levar alguém para conhecer a culinária de qualquer lugar do mundo, seria Santa Maria. Tem que comer tábua de frios de Quarta Colônia, um churros do Waltmann no Calçadão, um galeto do Augusto e outro do Vera Cruz, que até hoje não sei qual é o melhor e é claro, xis. Apesar de ter lugares onde acho melhor, para mim, não tem xis ruim. Eu vou para o Sul e não volto antes de comer uns dois ou três.  

O segredo de um bom xis, para Ricardo, é a maionese caseira. Além disso, a mistura com catchup e mostarda e a chapa são a alma do prato. Ele brinca e diz que as cores da bandeira do Rio Grande do Sul forma assim escolhidas por causa do tomate, milho e alface que vão no recheio do pão. 

Ricardo ganhou uma chapa do tio Marco, tio de sua esposa, e começou a fazer xis de variados sabores para os amigos em São Paulo. A chapa, a qual diz ser sua “Excalibur” inclusive, foi a mesma usada na receita da final do Tastemaker, o nome do desafio culinário da plataforma Tastemade. Nela, já saíram xis cogumelo, xis linguiça, xis costela e outros de sabores mais conhecidos pelos gaúchos.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Ir para o topo da página
Pular para a barra de ferramentas