HOME > DESTAQUES > Confira 10 dicas para evitar o desperdício e economizar o gás de cozinha
Confira 10 dicas para evitar o desperdício e economizar o gás de cozinha

Confira 10 dicas para evitar o desperdício e economizar o gás de cozinha

Com mais um aumento no preço do gás de cozinha, anunciado na semana passada pela Petrobrás, os consumidores já podem sentir o ajuste de 4,4% na hora de comprar o produto. O ajuste, conforme a estatal, é feito a cada três meses, conforme política de preços adotada em janeiro deste ano.

Uma das formas de amenizar o impacto no final do mês é tentar economizar o gás de cozinha para que ele dure um pouco a mais que o normal. Algumas medidas que você pode tomar, na rotina da cozinha, ajudam a evitar o desperdício e fazer o produto durar um pouco mais.

Confira algumas dicas para botar em prática hoje mesmo:

1) Evite vazamentos
Verifique a mangueira do gás com uma certa frequência a fim de garantir que não há vazamentos. Examine minuciosamente a mesma e certifique-se que ela não está comprometida, mas adequadamente encaixada e, claro, dentro do prazo de validade. Se você notar algum defeito ou vazamento, troque a mangueira imediatamente. Isso garante a segurança do seu lar e a economia do gás de cozinha.

2) Use panelas proporcionais ao tamanho da boca do fogão
Nem todo mundo sabe, mas o uso da panela deve coincidir com o tamanho da boca do fogão. Caso isso não aconteça, você estará desperdiçando uma grande quantidade de gás. A justificativa para isso está no fato de boa parte do calor gerado pelo fogo acabar sendo passado para o ar e não para a panela. Ou seja, para cozinhar ou aquecer alimentos em panelas pequenas, dê preferência ao uso das bocas menores.

3) Cheque o funcionamento do regulador de gás
Como o regulador – válvula que fica acima no botijão – reduz a pressão do gás que sai do botijão e segue para os aparelhos conectados, é fundamental que o mesmo esteja funcionando com segurança. Verifique o regulador com uma certa frequência. Os reguladores costumam ter a vida útil de 5 anos e procure comprar apenas os que possuem selo do Inmetro. Feche o registro quando o fogão não for utilizado.

4) Tampe as panelas durante o cozimento dos alimentos
Preparar a comida que vai ao fogo com a tampa fechada não apenas acentua o sabor dos alimentos, mas torna o processo mais rápido e, consequentemente, o gasto de gás acaba sendo menor.

5) Use mais a panela de pressão
Como a panela de pressão cozinha os alimentos com mais facilidade, ela reduz os gastos e é tida como uma verdadeira aliada da economia de gás e de tempo.

6) Verifique a cor da chama
Repare na coloração da chama. O ideal é que a mesma esteja azulada. A cor amarela indica que os queimadores do fogão estão desregulados e, por isso, acabam soltando mais gás do que o necessário.

7) Mantenha as bocas do fogão limpas
Caso contrário, os alimentos levarão mais tempo para serem cozidos e o gasto de gás será bem maior.

8) Deixe os alimentos de molho de um dia para o outro
De acordo com os especialistas, essa atitude (válida para alimentos como feijão, arroz, grão de bico, ervilhas secas, grão de soja e semente de trigo) torna o cozimento mais rápido.

9)Descongele previamente
Carnes e outros alimentos que costumam ficar no congelador e são preparados no fogo devem ser descongelados um dia antes do preparo. Isso ajuda a reduzir o tempo de cozimento e, consequentemente, gera uma boa economia do gás de cozinha.

10) Otimize o uso do forno
Quando for assar algo no forno, procure incluir mais de um prato na mesma leva. A cada vez que o forno é ligado, uma grande quantidade de gás é liberada para que ele fique aquecido.

É MITO!

É preciso ficar atento com algumas dicas “infalíveis” para economizar o gás, que na verdade, não são eficientes. Veja o que é mito e não vale a pena ser feito porque, além de não ter uma economia pode apresentar riscos para a segurança dos moradores da casa. Alguns, ao contrário do que prometem, podem acabar fazendo o consumo de gás aumentar:

1) Deitar o botijão de gás
Além de não fazer o gás render mais, como muitos acreditam, deitar o botijão pode ser perigoso. O gás presente dentro do vasilhame é liquefeito, como seu próprio nome indica, e quando o botijão é inclinado esse líquido pode vazar, o que aumenta o risco de explosões. A posição correta do recipiente é na vertical, em pé, sem inclinações.

2) Usar o queimador incorretamente
Utilizar uma panela pequena em um queimador – ou boca – grande aumenta o gasto de gás. Isso porque a chama não fica contida exatamente abaixo do recipiente que vai ao fogo. Além disso, pode haver uma impressão de que essa atitude acelera o processo de cozimento, mas colocar a panela correta no queimador adequado garante o cozimento no tempo certo sem gastos a mais.

3) Abrir muito o forno
Economizar gás e abrir o forno toda hora durante o preparo de alimentos definitivamente são coisas que não combinam! Se não for recomendado na receita do preparo, evite a abertura constante, pois o calor escapa e é necessário mais gás para manter a temperatura, podendo influenciar na duração do gás de cozinha.

 

Fonte: Diário de Santa Maria / Foto: Dreamstime

Comente

Seu email não será exibido. Required fields are marked *

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Ir para o topo da página