HOME > MULTIMÍDIA > ÁUDIOS > Confusão após GreNal é tema do Entrevero de hoje
Confusão após GreNal é tema do Entrevero de hoje

Confusão após GreNal é tema do Entrevero de hoje

Os motivos do conflito ocorrido entre a torcida do Grêmio e a Brigada Militar após o GreNal de ontem, 12, foram discutidos no Entrevero. O Comandante  do 5º RPMon, Major Ney, falou sobre a atuação da corporação, julgada excessiva por muitos que presenciaram a cena.

Para o representante da torcida organizada do Grêmio, Matheus Munaretto, o uso de bombas de efeito moral e balas de borracha foi exagerado, já que não houve nenhuma briga no local. O mesmo afirmou Dionatan Avila Jornada, 18 anos, ferido com queimaduras nos braços e pernas provocadas por estilhaços da bomba.

Tuca Noronha, pai de um adolescente que também voltou para casa machucado após o jogo, afirmou que a abordagem do BOE (Batalhão de Operações Especiais), de Santa Maria, teria sido desnecessária e que a torcida estaria apenas comemorando a vitória próxima ao ônibus do time.

Foto 022

A Brigada Militar diz que a medida foi necessária para conter uma possível desordem, porque algumas pessoas estariam atirando pedras. No entanto, alguns torcedores garantem que as pedras foram jogadas apenas após o ataque da polícia.

Confira tudo o que foi dito durante o programa no link abaixo:
ENTREVERO.mp3 – 13 de Janeiro de 2013
 

Fotos: Rafael Nemitz e Fernanda Fank

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Ir para o topo da página
Pular para a barra de ferramentas