HOME > DESTAQUES > Diego Souza tem seu melhor início em 10 anos e encosta em números de trio do Grêmio em todo 2019
Diego Souza tem seu melhor início em 10 anos e encosta em números de trio do Grêmio em todo 2019

Diego Souza tem seu melhor início em 10 anos e encosta em números de trio do Grêmio em todo 2019

O gol da vitória do Grêmio sobre o São Luiz, no último domingo, saiu dos pés do centroavante. Diego Souza foi contratado para ser o responsável por balançar as redes a favor do Grêmio e resolver um problema antigo. Pois tem entregado justamente isso. O veterano já tem neste início pelo clube gaúcho quase o mesmo número de gols marcados por André, Tardelli e Vizeu em todo ano de 2019. É a sua melhor arrancada desde 2010, quando vestia a camisa do Palmeiras.

Diego acumula cinco gols em oito partidas. André fez sete em 45 durante a temporada passada. O reforço para 2020 está a dois gols de igualar o companheiro em só 17% das partidas disputadas.

Se a comparação se alongar aos outros centroavantes de 2019, Diego Souza também está a dois gols de igualar o número atingido por Tardelli em 47 partidas e tem a mesma quantidade de bolas na rede que Felipe Vizeu conseguiu em 26 jogos. Nos seus respectivos primeiros oito jogos de 2019, André e Tardelli tinham apenas um gol marcado, enquanto Vizeu marcara dois.

— Diego é goleador, tem feito gols e está ajudando o time, se entregando. Foi contratado para isso. Ele brinca comigo: “mais um gol!”, e eu digo: mas você é pago pra isso, tem que fazer gols. Graças a Deus tem feito gols importantes. É o nove que a gente precisa para fazer gols, como o Luciano — destacou Renato Gaúcho após a vitória de domingo.

Comparação dos centroavantes

Gols em primeiros 8 jogosGols em 2019 pelo Grêmio
Diego Souza5
André17
Tardelli17
Vizeu25

O início é bom se comparado ao próprio Diego. Na temporada passada, em 49 compromissos pelo Botafogo, o atual centroavante gremista fez 10 tentos. Já tem a metade disso em um sexto das partidas.

Ele não atinge essa marca de gols neste recorde de jogos desde sua arrancada no Palmeiras, em 2010, quando fez seis em oito partidas. Em 2012, pelo Vasco, e 2016, pelo Fluminense, foram quatro na mesma quantidade de vezes em campo.

André é o único destes centroavantes que segue no Grêmio, embora fora dos planos. Intermediários chegaram a negociar um empréstimo para um clube da MLS, mas as tratativas não evoluíram. Inclusive, as conversas chegaram a caminhar para uma venda em definitivo por valores próximos a um milhão de dólares. Algo que ainda não se tornou proposta oficial para o Grêmio. A janela para o futebol dos Estados Unidos vai até maio. Isso tudo ocorreu, claro, antes da pandemia do coronavírus pelo mundo.

O concorrente direto de Diego Souza é Luciano. O centroavante tem dois gols marcados em 10 partidas disputadas em 2020. Ganhou algumas chances como titular no início do ano, mas não conseguiu engrenar. No Gre-Nal, perdeu a melhor chance gremista no jogo e acabou expulso.

O Grêmio volta a treinar nesta terça-feira, mas a atividade será com portões fechados e não haverá entrevistas. O clube aguarda posicionamento da Conmebol para avaliar uma parada total das atividades do futebol profissional.

Fonte: Globo Esporte ||| Foto: Lucas Uebel

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Ir para o topo da página
Pular para a barra de ferramentas