HOME > DESTAQUES > Em jogo com final emocionante, Grêmio vence CSA e entra no G-4 do Brasileirão
Em jogo com final emocionante, Grêmio vence CSA e entra no G-4 do Brasileirão

Em jogo com final emocionante, Grêmio vence CSA e entra no G-4 do Brasileirão

Foi no sufoco, com gol contra no fim, mas depois de 31 rodadas o Grêmio conseguiu, enfim, entrar no G-4 do Brasileirão de 2019. Em ritmo de treino, o time gaúcho venceu o CSA por 2 a 1 na noite desta quinta-feira (7), na Arena. O placar, somado à derrota do São Paulo para o Fluminense deixou o Tricolor na quarta posição, com 53 pontos, um a mais do que os paulistas. 

Nas escalações, ficava claro o favoritismo gremista. Apenas com a modificação na lateral direita – Léo Moura entrou na vaga de Galhardo –, Renato mandou a campo o mesmo time que venceu o Gre-Nal. Já o CSA veio a Porto Alegre com três desfalques por lesão e outros dois por suspensão. O técnico Argel Fucks ainda preservou mais três titulares, deixando a equipe completamente descaracterizada.

O Grêmio, que nada tinha a ver com isso, logo fez valer a superioridade técnica. Em sua primeira chegada ao ataque, aos sete minutos, Everton arrancou pela esquerda, cruzou rasteiro e viu Tardelli fazer gol de centroavante, no meio da área, ao completar para o fundo das redes.

Com a vantagem cedo, o time gaúcho passou a controlar a partida e ficar com a bola no campo de ataque. Aos 10 minutos, Léo Moura fez grande jogada pela direita e escorou para Matheus Henrique. O garoto, no entanto, demorou para decidir o que faria e deixou de ampliar o placar.

As principais escapadas do CSA no primeiro tempo ocorriam após erros do Grêmio, que em alguns momentos parecia desconcentrado. Mas, ainda que o Tricolor perdesse a bola, recuperava com certa tranquilidade tamanha a diferença técnica entre as equipes.

Aos 22, mais uma vez o Grêmio deixou de ampliar o marcador. Alisson recebeu de Luciano, entrou na área e bateu para boa defesa de João Carlos. No rebote, Luciano dividiu com o goleiro, que ficou com a bola.

A primeira finalização da equipe alagoana contra a meta gremista saiu apenas aos 29 minutos, em cobrança de falta. Celsinho chutou para fácil defesa de Paulo Victor. Logo depois, Cortez perdeu a bola e Bustamante carregou para o meio e bateu fraco, novamente sem nenhum perigo para a defesa tricolor. 

Mas, em um momento de bobeira do Grêmio, o CSA assustou mesmo aos 31, quando Euller tabelou com Didira, invadiu a área e bateu cruzado à esquerda do gol. Foi a primeira – e única – boa chance dos visitantes na etapa inicial. O restante do primeiro tempo deu a tônica do que era o jogo: o Tricolor na frente e os alagoanos se defendendo.

Na volta do intervalo, Argel mandou o atacante Bruno Alves a campo na vaga de Didira. A postura dos times, porém, seguiu a mesma. O Grêmio trocava passes no setor ofensivo, enquanto o CSA se defendia e tentava contra-atacar.

Aos sete minutos, quase saiu um golaço. Maicon roubou a bola de João Vitor, viu o goleiro adversário adiantado e tentou de muito longe, por cobertura. A bola passou sobre a meta defendida por João Carlos, mas arrancou aplausos da torcida. Quem também fez o torcedor gremista vibrar foi o tão contestado goleiro Paulo Victor, que fez grande defesa após belo chute de Jean Cléber. 

Como resposta ao ataque dos visitantes, Renato chamou Pepê. O garoto demorou a entrar, mas foi a campo no lugar de Alisson, que teve uma atuação bastante discreta. Mas nem mesmo o guri conseguiu fazer o Tricolor acordar. A partida ficou sonolenta, como se o Grêmio estivesse treinando.

Enquanto Argel colocava mais um atacante, o ex-gremista Ricardo Bueno, o técnico tricolor sacou Maicon para colocar Rômulo. O camisa 8, inclusive, pouco antes havia recebido o terceiro amarelo, que o deixa de fora da partida contra a Chapecoense, no domingo.

Quando todos imaginavam que o jogo se encaminhava para um final morno, Rafinha cobrou falta aos 44 minutos do segundo tempo e empatou. O desânimo tomou conta da torcida, mas não do time, que conseguiu empatar com um gol contra de Ronaldo Alves, aos 47, que deu os três pontos e um lugar no G-4 para o Grêmio.

FONTE: GAÚCHAZH || FOTO: LUCAS UEBEL/GRÊMIO

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Ir para o topo da página
Pular para a barra de ferramentas