HOME > DESTAQUES > Estado autoriza nomeação de 480 agentes penitenciários
Estado autoriza nomeação de 480 agentes penitenciários

Estado autoriza nomeação de 480 agentes penitenciários

O governador José Ivo Sartori anunciou na tarde da quinta-feira (26) que autorizou o chamamento imediato de 480 agentes penitenciários. O anúncio ocorreu via Twitter e, segundo Sartori, após reunião com o secretário de Segurança Pública, César Schirmer.

Sartori atribuiu o ato à recuperação financeira do Estado. Ainda assim, salientou que o Estado precisa aderir ao Regime de Recuperação Fiscal. “Nosso governo fez a lei que autoriza a permuta de imóveis por presídios. No começo do governo, empossamos quase 700 agentes penitenciários. Com o anúncio de hoje, vamos totalizar o ingresso de mais de 1.100 agentes penitenciários. É uma das maiores reposições da história recente”, postou o governador.

Sobre segurança, o governador criticou a demolição de um pavilhão da Cadeia Pública de Porto Alegre (antigo Presídio Central), em 2014. “Lamento que, em 2014, tenhamos perdido um pavilhão inteiro do Presídio Central sem reposição de uma única vaga. Nós, em vez de destruir, estamos construindo. Ainda vamos avançar muito nos próximos meses. Mas sempre com responsabilidade, sem demagogia”, prometeu. A medida, na época, foi recomendada pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) por conta do estado de deterioração da estrutura e total falta de capacidade para receber os detentos.

A Susepe estima que, em 25 dias, os alunos já estarão aptos a iniciar o curso. A formação durará cerca de 60 dias, com aulas em dois turnos. Ao todo, foram abertas 720 vagas no último concurso da Susepe: 620 vagas para o cargo de Agente Penitenciário Classe A e 100 vagas para o cargo de Agente Penitenciário Administrativo Classe A.

Conforme a SSP, ainda não há previsão de como será feita a alocação de servidores. Segundo o órgão, a ampliação de vagas na Penitenciária Estadual de Canoas é prioridade estratégica, mas não foi definido quantos agentes serão distribuídos para o local.

De acordo com a Associação dos Agentes, Monitores e Auxiliares Penitenciários do Estado do Rio Grande do Sul (Amapergs), cerca de 2,8 mil aprovados em concurso público aguardam chamamento.

 

Fonte: Correio do Povo / Foto: Palácio Piratini/Divulgação

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Ir para o topo da página
Pular para a barra de ferramentas