HOME > DESTAQUES > Furacão Irma perde força mas ainda afeta parte dos EUA
Furacão Irma perde força mas ainda afeta parte dos EUA

Furacão Irma perde força mas ainda afeta parte dos EUA

O furacão Irma foi rebaixado para categoria 1 nesta segunda-feira (11), enquanto avançava pela Flórida, afetada por violentas rajadas de vento e grandes inundações que deixaram três mortos e milhões de pessoas sem acesso a energia elétrica, provocando a declaração do estado de catástrofe natural.

Às 5h locais (6h de Brasília), os ventos máximos alcançavam 120 km/h – bem abaixo dos mais de 200 km/h do fim de semana -, e Irma deve passar à categoria de tempestade tropical em seu avanço pela costa noroeste da Flórida e rumo ao sul da Geórgia, informou o Centro Nacional de Furacões em um comunicado. O olho do furacão estava 40 km ao nordeste de Tampa, segundo o NHC, que recordou as advertências a respeito de marés ciclônicas, o que significa que há “perigo de inundações que representam ameaças à vida”.

“A força de apenas seis polegadas (15 cm) de água pode derrubar uma pessoa”, tuitou o governador do estado, Rick Scott, após a perda de força de Irma.”Permaneçam dentro de casa, permaneçam seguros”, completou, insistindo em que “a combinação de uma tempestade perigosa com a maré provoca, normalmente, inundações nas áreas
secas próximas à costa”.

Na manhã do último domingo, O furacão Irma atingiu a área de Florida Keys como furacão de categoria 4 – em uma escala que vai até 5. Durante a tarde, voltou a tocar a terra em Marco Island (oeste) como categoria 2. Quase 6,3 milhões de pessoas receberam ordem para abandonar suas casas em todo estado, e três milhões de moradores estavam em casas sem energia elétrica, segundo a empresa Florida Power and Light.

“Os barcos estão literalmente quebrados, as palmeiras estão no chão, as linhas de energia elétrica estão caindo”, relatou por telefone ao canal CNN a socorrista Maggie Howes. Uma policial e um oficial penitenciário morreram em acidentes de trânsito no domingo nas imediações de Sarasota. Outro homem faleceu nesse sábado , quando seu caminhão bateu em uma árvore em Key West.Ao menos 30 pessoas faleceram em consequência da passagem do Irma em vários países.

 

Fonte: Correio do Povo / Foto: Spencer Platt/AFP

Comente

Seu email não será exibido. Required fields are marked *

*

Ir para o topo da página