HOME > DESTAQUES > Galhardo iguala Guerrero na artilharia do Inter e é quem mais participa de gols em 2020
Galhardo iguala Guerrero na artilharia do Inter e é quem mais participa de gols em 2020

Galhardo iguala Guerrero na artilharia do Inter e é quem mais participa de gols em 2020

Em sua primeira fala como jogador do Inter, ainda em janeiro, Thiago Galhardo foi direto e prometeu “se matar em campo” para ajudar a equipe de Eduardo Coudet. Não precisou de tanto, claro. Mas o meia-atacante já deixa sua marca e assume protagonismo na equipe colorada, a ponto de ser o jogador que mais participou de gols no elenco em 2020.

No último domingo, Galhardo entrou no segundo tempo e atuou por apenas 18 minutos no gramado sintético do Passo D’Areia. Tempo suficiente para marcar um gol de pênalti e dar assistência para Nonato na goleada por 4 a 1 sobre o São José.

Foi seu quarto gol na temporada e levou o meia-atacante a igualar Guerrero na artilharia do Inter. Com um detalhe: Galhardo marcou todos os gols em jogos fora de casa. Três deles, de pênalti. Além da vitória sobre o Zequinha, ele balançou as redes contra Juventude (1 a 0, de pênalti), São Luiz (4 a 3) e Caxias (1 a 1, também de pênalti).

O camisa 17 colorado soma ainda duas assistências em 2020. Ao todo, ele tem participação em seis dos 23 gols do Inter no ano – 26% deles. É disparado o mais influente dentro do grupo colorado.

Feliz em poder ajudar em mais uma vitória da equipe” (Thiago Galhardo)

Os números e o protagonismo explicam e respaldam a decisão de Eduardo Coudet de transformar Galhardo em titular do ataque ao lado de Paolo Guerrero. O meia-atacante abriu o ano como única opção a substituto imediato do centroavante e só conseguiu mudar de status a partir da chegada de Gustavo.

Com D’Alessandro suspenso, Galhardo virou titular na vitória por 3 a 0 sobre a Universidad Católica, no Beira-Rio, pela Libertadores. A equipe viveu sua melhor atuação no ano, e ele seguiu no time para o Gre-Nal da Arena, com empate em 0 a 0, também pela competição continental.

Isso, mesmo após ter dito em entrevista ao GloboEsporte.com que para ele não havia dúvidas: D’Ale e Guerrero eram os titulares, e ele próprio uma boa opção para Coudet.

Agora, o camisa 17 manterá o posto de “rei dos números” por tempo indeterminado. A Federação Gaúcha de Futebol (FGF) suspendeu o Gauchão por pelo menos 15 dias, devido à pandemia do coronavírus. A Libertadores também está suspensa até o dia 21. O Inter, por sua vez, se reapresenta para trabalhos na manhã desta terça-feira, no CT do Parque Gigante.

Fonte: Globo Esporte || Foto: Ricardo Duarte

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Ir para o topo da página
Pular para a barra de ferramentas