HOME > DESTAQUES > Gerdau troca Porto Alegre por São Paulo
Gerdau troca Porto Alegre por São Paulo

Gerdau troca Porto Alegre por São Paulo

A Gerdau está transferindo sua sede de Porto Alegre, onde a empresa foi fundada há mais de 100 anos, para São Paulo.

A decisão foi comunicada pela empresa na sexta-feira (06). A mudança começa em janeiro de 2018 e afeta os cerca de 120 funcionários que a empresa mantinha na capital gaúcha.

As duas siderúrgicas que existem no Rio Grande do Sul, as usinas de produção de aço de Sapucaia do Sul e Charqueadas, serão mantidas.
“A medida está alinhada ao atributo de simplicidade e austeridade da modernização cultural em curso na Gerdau, pois irá agilizar decisões ao aproximar ainda mais áreas corporativas das operações de negócios”, afirma a empresa em nota.
A data da mudança para São Paulo, cidade que já sediava as operações nacionais de algumas linhas de negócios, é mesma na qual os últimos representantes da família Gerdau Johannpeter atualmente em cargos de gestão se afastarão para assumir cadeiras nos conselhos de administração.
O anúncio da entrada de um CEO de fora da família foi feito em agosto. O novo líder é Gustavo Werneck da Cunha, atual diretor executivo da operação Brasil da Gerdau.
Cunha entrou na siderúrgica em 2004, tendo passado por uma série de cargos, desde então, incluindo um período de sete meses como CEO global da empresa, entre 2015 e 2016.

O atual CEO André Bier Gerdau Johannpeter e os vice-presidentes executivos Claudio Johannpeter e Guilherme Chagas Gerdau Johannpeter estão todos de saída para os conselhos de administração da Gerdau, dos quais já fazem parte.
Na época, a empresa afirmou em nota que os meses seguintes seriam dedicados à “definições subsequentes nas funções e processos executivos da empresa”.
Pois uma das primeiras decisões nesse sentido parece ser a de sair de Porto Alegre.
Para alguns analistas que acompanham de perto as decisões da empresa, a mudança está em linha com decisões estratégicas nos últimos anos.
A principal delas seria a de concentrar suas atividades industriais em Minas Gerais, no início dos anos 2000.
Pode ser verdade, mas também é verdade que a mudança para São Paulo não foi precedida pela boataria que costuma acompanhar decisões do tipo.
De fato, ainda em fevereiro desde ano, a Gerdau fez uma reforma das suas instalações na capital, localizadas na avenida Farrapos, 1811, as mesmas que a companhia agora não sabe se vai vender ou alugar.
A nova sede tinha um “estilo startup”, com plantas abertas, diversos espaços de integração e os inevitáveis pufes. Na época, a Gerdau fez uma ampla divulgação do local como um símbolo de novos ares da empresa em jornais e revistas de todo o país.
Além de 120 empregos de alto padrão salarial, Porto Alegre perde status com a mudança da Gerdau: a empresa é uma das cinco companhias mais internacionalizadas do Brasil, um posto para o qual não existe um sucessor no Rio Grande do Sul hoje.

 

Fonte: Baguete / Foto: Divulgação

Comente

Seu email não será exibido. Required fields are marked *

*

Ir para o topo da página