HOME > DESTAQUES > Grêmio admite reforços encaminhados, mas não promete nomes até o Natal
Grêmio admite reforços encaminhados, mas não promete nomes até o Natal

Grêmio admite reforços encaminhados, mas não promete nomes até o Natal

É remota a chance de o Grêmio anunciar antes da virada do ano o primeiro reforço para a próxima temporada. Ainda que tenha negócios encaminhados, a direção descarta qualquer anúncio antes do Natal. Thiago Neves, do Cruzeiro, e Marquinhos Gabriel, do Al-Nasr, dos Emirados Árabes, são ainda os nomes mais ilustres da lista. A saída do executivo André Zanotta, confirmada em reunião realizada nesta quarta-feira (19), é um complicador a mais para o fechamento de negócios.

— Não temos prazo. Dificilmente apresentaremos nomes até o Natal. O razoável é que, quando começar a pré-temporada, todos estejam aqui. Se isso vai acontecer? Não sei — anuncia o presidente Romildo Bolzan Júnior.

Por enquanto, a função de Zanotta, que recebeu proposta de um clube do Exterior, será desempenhada pelo CEO Carlos Amodeo. Bolzan, contudo, não pretende que ele ocupe os dois cargos simultaneamente. Zanotta chegou a apresentar uma lista de três prováveis substitutos, cujos nomes serão analisados pela direção.

Até agora, o ritmo da busca por contratações tem mantido a regularidade nos últimos anos. Com a base montada desde 2016, o Grêmio busca somente os chamados acréscimos pontuais. Na atual temporada, o primeiro reforço foi anunciado somente dia 29 de dezembro. Tratava-se do volante Thaciano, que veio do Boa. No início de janeiro, chegaram Alisson e Thonny Anderson, trocados com o Cruzeiro pelo lateral-direito Edilson.

Para 2019, as necessidades serão maiores no começo da temporada. A preocupação da torcida e da direção aumentou a partir da definição do grupo da equipe na Libertadores, muito mais difícil do que neste ano. A primeira providência será buscar um substituto para Ramiro, negociado com o Corinthians. As saídas de Cícero e Douglas, que não tiveram contratos renovados, não geram urgência maior, pois reposições como  Matheus Henrique, Michel e Jean Pyerre já estão no grupo.

— Vamos trazer laterais, zagueiro, volantes, meia e atacante. Nem todos, talvez, serão no mesmo nível — deixa claro Romildo.

A saída de mais jogadores também não está descartada. Marinho está nos planos de Atlético-MG e Ceará. Luan, que já não atrai mais o mercado europeu, agora entra nas pretensões de clubes brasileiros. Um dos interessados seria o Flamengo, que, por enquanto, ainda não fez oferta. A multa rescisória do atacante, eleito o melhor jogador da América em 2017, é de 18 milhões de euros (R$ 79,7 milhões).

— Não veio proposta nenhuma para nós. Se vier, a gente examina — disse Bolzan ao Fox Sports.

Ciente da preocupação dos torcedores, que sonham com rápidas contratações, Bolzan anuncia que a situação encontra-se sob controle:

— O Grêmio sabe que precisa se reforçar. Não se assustem, não se apavorem. Tudo a seu tempo.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Ir para o topo da página
Pular para a barra de ferramentas