HOME > DESTAQUES > Grêmio pedirá à Conmebol reversão do resultado contra o River Plate na Arena
Grêmio pedirá à Conmebol reversão do resultado contra o River Plate na Arena

Grêmio pedirá à Conmebol reversão do resultado contra o River Plate na Arena

A diretoria do Grêmio prepara um documento formal que será entregue à Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) ainda nesta quarta-feira (31) com o objetivo de buscar a reversão do resultado de derrota para o River Plate, por 2 a 1, que ocasionou na eliminação da equipe gaúcha da Copa Libertadores da América.

No entendimento da direção gremista, o River Plate tirou vantagem com as instruções passadas pelo técnico Marcelo Gallardo, via rádio, para seu auxiliar  Matías Biscay durante o jogo e no intervalo da partida, quando inclusive o próprio Grêmio alertou os representantes da Conmebol de que a infração estava em andamento.

Marcelo Gallardo foi suspenso na véspera do confronto por ter atrasado o reinício do jogo de ida, em Buenos Aires, e de acordo com o regulamento não poderia ter ido ao vestiário e se comunicado com os jogadores, assim como fez com seu auxiliar no decorrer da partida.

—  Não cumpri uma regra e assumo. Senti a necessidade de falar com os meus jogadores. Não me arrependo  — declarou Gallardo após a virada na Arena. 

Sobre o tema, o regulamento da Conmebol afirma que em caso de utilização indevida de um jogador se aplicará o disposto nos parágrafos 1 e 2 do artigo 19, desde que a equipe adversária interponha uma reclamação oficial em um prazo de até 24 horas após o jogo. 

Neste caso, o infrator poderá ser punido com a perda do confronto por 3 a 0. Porém, o texto fala em jogador e não em membro de comissão técnica. Já o artigo 56, inciso C do regulamento da Conmebol abre a possibilidade de uma reclamação se “um incidente grave” tenha interferido no resultado de uma partida. 

Em breve contato com a reportagem de GaúchaZH, o presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Junior disse nesta manhã que o clube vai procurar o que acha de direito.

— Estamos examinando tudo. Vamos fazer valer o regulamento. Lá está tudo muito claro — disse o mandatário gremista.

Já o diretor jurídico Nestor Hein garantiu que o clube fará o recurso ainda nesta quarta e disse acreditar que o que está escrito no artigo 19 vale também para treinadores.

— Vamos entrar com recurso de perda de pontos. Jogador e treinador se equivalem neste tipo de situação. E além disse ele (Gallardo) deu entrevista se vangloriando de ter feito isso.

Fonte: GaúchaZH / Foto: Rodrigo Oliveira | Agência RBS

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Ir para o topo da página
Pular para a barra de ferramentas