HOME > AGRONOTÍCIAS > Importação de soja da China cresce em abril
Importação de soja da China cresce em abril

Importação de soja da China cresce em abril

As importações chinesas de soja totalizaram 7,64 milhões de toneladas no mês de abril, volume 9,4% maior do que o registrado em igual período do ano anterior, informou na manhã desta sexta-feira (10/5) o Departamento de Alfândegas da China. Apesar do incremento mensal, no acumulado do ano, a China importou 24,39 milhões de toneladas de soja, volume 7,9% inferior ao reportado em igual intervalo do ano passado. 

Em março, as compras externas chinesas foram menores que as registradas no mesmo mês do ano passado. Segundo o Departamento de Alfândega do país, 4,92 milhões de toneladas de soja originada no exterior entraram no mercado chinês, queda de 14% em relação a 2018.

O país asiátio é o maior importador mundial de soja e vive um impasse no comércio com os Estados Unidos, importante player, assim como o Brasil. Maior parte das vendas externas de soja em grão dos dois países vai para a China.

Além disso, o gigante asiático vive um grande problema no plantel de suínos. Uma epidemia de febre suína africana já matou 1 milhão de animais e outros milhões devem ser sacrificados. Por enquanto, o mercado não trabalha com uma redução da demanda por soja e/ou farelo, porque maior parte dos focos da doença ocorrem em propriedades de subsistência, que não usam alimentação importada.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Ir para o topo da página
Pular para a barra de ferramentas