HOME > DESTAQUES > Inter não descarta Rafael Sóbis como reforço para 2019
Inter não descarta Rafael Sóbis como reforço para 2019

Inter não descarta Rafael Sóbis como reforço para 2019

Atenção, colorados: não descartem Rafael Sóbis como centroavante do Inter para 2019. O atacante bicampeão da América pelo clube encaminhou sua rescisão de contrato com o Cruzeiro e está livre. Os valores pedidos pelos mineiros eram o impeditivo para uma aproximação. Mas esses se esfumarão a partir da assinatura do acordo nas próximas horas. 

Dirigentes do Inter, questionados sobre a possibilidade de Sóbis voltar ao Beira-Rio, despistavam usando como justificativa o vínculo com o Cruzeiro e os valores que recebe em Belo Horizonte. Mas nunca negaram de fato o interesse no jogador. Sóbis, aos 33 anos, deixa Minas Gerais em busca de mais minutos e de um clube no qual possa manter-se em busca de títulos. No Inter, como há apenas Jonatan Alvez à disposição até o final de abril, ele teria mais espaço para jogar e uma temporada em um clube que entra com força na Libertadores, na Copa do Brasil e no Brasileirão. 

A volta ao clube que o lançou em 2004 também permitiria voltar para perto da família. Sóbis tem laços em Porto Alegre, onde também acaba de comprar um apartamento. O Corinthians mostrou interesse em levá-lo para São Paulo, mas por todas as razões listadas acima e pela relação com o Inter e os colorados, sua preferência seria o Beira-Rio. 

No Inter, é consenso de que ele pode ser o camisa 9 na largada da Libertadores. Foi assim, aliás, que ele estourou em 2005, quando era o jogador mais avançado, tendo Fernandão como um meia-atacante que vinha de trás. A dobradinha se repetiu em 2006, na conquista da Libertadores.

No sorteio da Libertadores, o executivo Rodrigo Caetano despistou sobre um retorno de Sóbis, mas fez elogios a sua produção em campo e colaboração fora dele. Lembrou-se que, em 2012, eles foram campeões brasileiros pelo Fluminense. 

O caminho para que o bom filho volte à casa está aberto. Falta, agora, o Inter costurar a negociação, que, é bom frisar, nunca foi negada nos lados do Beira-Rio.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Ir para o topo da página
Pular para a barra de ferramentas