HOME > DESTAQUES > Inter reencontrará algoz da Copa do Brasil buscando ampliar boa fase no Brasileirão
Inter reencontrará algoz da Copa do Brasil buscando ampliar boa fase no Brasileirão

Inter reencontrará algoz da Copa do Brasil buscando ampliar boa fase no Brasileirão

Duas vitórias foram capazes de deixar os piores dias para trás. Os seis pontos conquistados diante da Chapecoense e do Corinthians, nas duas rodadas mais recentes do Campeonato Brasileiro, recuperaram a confiança do grupo e alavancaram o time colorado para a ponta de cima da tabela. Porém, nesta quarta-feira, o Inter volta ao Barradão, cenário de um dos mais traumáticos episódios da temporada: a desclassificação da Copa do Brasil. Agora pelo Brasileirão, o Inter volta a enfrentar o Vitória em seu estádio.

“Queríamos a classificação, mas não deu. Fizemos um bom jogo lá no Beira-Rio (vitória por 2 a 1), mas aqui não foi bom. Perdemos (1 a 0 e, depois, nos pênaltis) e ficamos de fora”, lembrou Rodrigo Moledo, que completa: “Agora, estamos em uma fase melhor. Conquistamos duas vitórias seguidas e vamos buscar a terceira. Crescemos no campeonato e viemos aqui para vencer. Não tem jogo fácil no Brasileiro, mas precisamos dos três pontos”, enfatizou.

A desclassificação na Copa do Brasil já foi assimilada, mas na época bateu forte em todo o grupo de trabalho. Odair Hellmann, inclusive, ficou a perigo no cargo. Depois daquela derrota, o Inter também acumulou uma série de tropeços no Brasileirão. E só voltou a vencer mais de um mês depois, quando goleou a Chapecoense no Beira-Rio por 3 a 0.

Rendimento defensivo preocupa o Vitória 

O Vitória ficou as quatro primeiras rodadas sem vencer. Desencantou ao bater o Vasco e está há três partidas sem derrota, o que deixou a equipe do técnico Vagner Mancini com oito pontos, na 14.ª colocação. O grande obstáculo da equipe nesta temporada tem sido o mau rendimento defensivo.

Com 12 gols, o Vitória tem, ao lado do América-MG, a segunda pior defesa do torneio nacional. Somente a Chapecoense levou mais gols. Em contrapartida, conta com o atacante Neilton, que tem sido decisivo para os resultados positivos.

“A gente tem um pouco de falta de atenção nos últimos gols que nossa equipe vem levando. Estamos fazendo os gols e estamos levando. Depois do jogo (contra o Botafogo, na última rodada), o técnico Mancini falou que não podia levar aquele gol. Já passou. Com certeza, Mancini está procurando uma forma de melhorar, parar de tomar os gols”, avaliou o atacante Wallyson.

Brasileirão 2018 – 8ª rodada 

Vitória 

Elias; Lucas, Ramon, Aderllan (Kanu) e Jeferson; José Welison, R. Andrade, L. Fernandes e Wallyson; Neílton e Denilson (André Lima). Técnico: Vagner Mancini

Inter 

D. Fernandes; Zeca, R. Moledo, V. Cuesta e Uendel; R. Dourado, Edenilson, Patrick e Rossi; W. Pottker e Lucca. Técnico: O. Hellmann.

Árbitro: Raphael Claus (SP).

Local: Salvador.

Início: 19h30min

 

Fonte:  Correio do Povo / Foto: Ricardo Duarte / Inter

1 comentário

  1. Essa eu não conhecia, muitos, muito obrigado.custom written essays

Deixe uma resposta para Sjoerd Cancelar resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Ir para o topo da página
Pular para a barra de ferramentas