HOME > AGRONOTÍCIAS > Ministério da Agricultura define destino de R$ 50 milhões desbloqueados para subsídio do seguro rural
Ministério da Agricultura define destino de R$ 50 milhões desbloqueados para subsídio do seguro rural

Ministério da Agricultura define destino de R$ 50 milhões desbloqueados para subsídio do seguro rural

O Ministério da Agricultura divulgou nesta quarta-feira (30) a distribuição dos R$ 50 milhões que foram desbloqueados do orçamento para o subsídio ao seguro rural de produtores agropecuários.

Segundo o governo, o recurso extra permitirá ajudar na contratação de aproximadamente 12 mil novas apólices. O seguro rural indeniza o produtor em caso de prejuízos por problemas climáticos ou derrubada de preços, por exemplo.

Do total desbloqueado:

  • cerca de R$ 30 milhões serão destinados para grãos (soja, milho 1ª safra, feijão, arroz);
  • R$ 10 milhões para frutas;
  • R$ 300 mil para pecuária;
  • e cerca de 9,7 milhões para outras culturas (cana-de-açúcar, hortaliças, florestas e aquícola).

Orçamento menor

O orçamento previsto para o seguro rural este ano era de R$ 440 milhões. Porém, o governo anunciou em março o bloqueio de R$ 70 milhões em março. Com o anúncio desta quarta-feira, restam ainda R$ 20 milhões bloqueados para o subsídio.

Para o próximo ano, o governo federal prometeu R$ 1 bilhão para o segundo rural, mas o dinheiro ainda depende da aprovação do Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) de 2020 que está tramitando no Congresso Nacional.

Em 2018 (últimos dados fechados), esse mercado movimentou R$ 2 bilhões em apólices no Brasil. A parcela subsidiada somou R$ 862,9 milhões, sendo R$ 370,6 milhões bancados pelo governo e R$ 492,3 milhões pelos segurados.

O restante (R$ 1,12 bilhão) foi contratado diretamente pelos agricultores junto às seguradoras, sem ajuda estatal.

Segundo o ministério, existe ainda a possibilidade de liberação de mais R$ 20 milhões no PSR para subvencionar o prêmio do seguro rural, o que contemplaria todo o orçamento aprovado para 2019.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Ir para o topo da página
Pular para a barra de ferramentas