HOME > DESTAQUES > O que facilita e o que dificulta as cinco renovações pendentes no Inter
O que facilita e o que dificulta as cinco renovações pendentes no Inter

O que facilita e o que dificulta as cinco renovações pendentes no Inter

Uma das prioridades da direção do Inter neste final de ano é a renovação de contrato dos cinco jogadores do grupo principal que têm vínculo apenas até dezembro de 2018. O principal nome da lista é o do atacante Leandro Damião, autor de 11 gols na temporada. Ainda vinculado ao Santos, o centroavante ficará livre a partir de 1º de janeiro. Mas o “fico” do camisa 9 dependerá de um acerto financeiro.

Outro titular de Odair Hellmann com futuro incerto é o lateral-direito Fabiano, que desbancou Zeca durante o Brasileirão. A negociação não promete ser fácil, pois o Palmeiras não está disposto a reforçar um concorrente na Libertadores.

O Inter também tentará manter dois reservas que foram importantes na reta final da temporada, Rossi e Wellington Silva. No entanto, os atacantes precisarão convencer Shenzhen-CHI e Fluminense, respectivamente, a prorrogar os empréstimos por mais um ano.

Por fim, Rithely enfrenta uma situação peculiar. Emprestado pelo Sport, o volante fez tratamento médico nas dependências do Inter em 2018, mas não chegou a vestir a camisa do clube. A direção colorada tentará prorrogar o empréstimo até o final do Gauchão para observar o jogador antes de exercer a compra dos direitos federativos.

Veja a situação dos atletas que precisam renovar contrato, juntamente com a opinião dos colunistas de GaúchaZH Cléber Grabauska e Luiz Zini Pires:

Leandro Damião

Situação: Pertence ao Santos e está emprestado ao Inter até 31/12. Será um jogador livre a partir de 1/1.

O que facilita: Vice-artilheiro da equipe em 2018, foi um dos principais nomes da temporada. Inter deseja mantê-lo no Beira-Rio.

O que dificulta: Hoje, o Santos paga um terço do salário do atleta. A partir de 2019, o Inter teria que pagar os seus vencimentos na íntegra. Dependerá de um acerto financeiro.

Vale a pena renovar?

Luiz Zini Pires: “Com Guerrero, Damião sentaria no banco, reserva caro demais. O Inter precisa escolher um. Dificilmente jogariam juntos. Ficaria com o peruano. O dinheiro do alto salário de Damião pagaria dois atacantes qualificados”.

Cléber Grabauska: “Com Guerrero suspenso até o final de abril e Jonatan Alvez jogando pouco, Damião continua sendo a melhor opção do Inter. Mas, com o fim do vínculo e da parceria com o Santos, passou a ser um jogador muito caro. Sofre com problemas lombares e em 2018 passou, alternadamente, cerca de 120 dias no departamento médico ou em recuperação. Terminou o ano em alta, tem identificação com o clube, mas para ficar, num ano que tem Libertadores, precisa ser mais efetivo”.

Fabiano

Ricardo Duarte / Inter
Fabiano possui vínculo com o PalmeirasRicardo Duarte / Inter

Situação: Pertence ao Palmeiras e está emprestado ao Inter até 31/12. 

O que facilita: A vontade do jogador em permanecer no Beira-Rio para disputar a Libertadores.

O que dificulta: O Palmeiras não quer renovar o empréstimo e, além disso, não deseja reforçar um concorrente direto na Libertadores.

Vale a pena renovar?

Luiz Zini Pires: “Seria útil ao grupo, mas depende do custo-benefício e do dinheiro que o Palmeiras exige”.

Cléber Grabauska: “É um Danilo Silva melhorado. Não fará mais do que já fez. Bateu no teto e não entusiasmou. Para ser titular, acho pouco. Para compor grupo, de acordo com a negociação, é um bom quebra-galho”.

Rithely

Ricardo Duarte / Inter, Divulgação
Rithely não conseguiu jogar em 2018 por problemas médicosRicardo Duarte / Inter, Divulgação

Situação: Pertence ao Sport e está emprestado ao Inter até 31/12.

O que facilita: O jogador fez todo o tratamento médico no Beira-Rio e quer ficar para jogar a Libertadores.

O que dificulta: Em vez de exercer a opção de compra, o Inter quer prorrogar o empréstimo, pois ainda não teve tempo de analisar o futebol do jogador. Dependerá de uma negociação com o Sport.

Vale a pena renovar?

Luiz Zini Pires: “Uma lesão grave coloca seu futuro em dúvida. Precisaria fazer um teste no início do Gauchão, um vestibular para a Libertadores”.

Cléber Grabauska: “É um jogador de qualidade, mas não joga há quase dois anos. Recuperado, seria uma excelente opção para os lugares de Dourado e Edenilson. Vale insistir”.

Wellington Silva

Ricardo Duarte / Inter,Divulgação
Wellington Silva teve boas atuações na reta final da temporada 2018
Ricardo Duarte / Inter, Divulgação

Situação: Pertence ao Fluminense e está emprestado ao Inter até 31/12.

O que facilita: O Fluminense vive crise financeira e não teria condições de arcar com os salários do atleta na próxima temporada.

O que dificulta: Inter quer renovar o empréstimo, enquanto o Fluminense deseja vender o atleta em definitivo.

Vale a pena renovar?

Luiz Zini Pires: “Abatido por lesões, não cumpriu uma boa temporada. Atacantes da base podem ser mais úteis do que ele – e Rossi”.

Cléber Grabauska: “Considero uma grande contratação que não deu certo. As lesões atrapalharam demais. Somente agora, quase ao final do campeonato, ele conseguiu ter sequência de jogo, e aí sim conseguiu mostrar um pouco daquilo que era esperado. É veloz, driblador e inteligente taticamente. Caso tenha condições, o Inter deve mantê-lo para 2019”.

Rossi

Carlos Macedo / Agencia RBS
Rossi deve se reapresentar no Shenzhen para pedir pessoalmente a sua liberação
Carlos Macedo / Agencia RBS

Situação: Pertence ao Shenzen, da China, e está emprestado ao Inter até 31/12.

O que facilita: A vontade do jogador em permanecer no Beira-Rio.

O que dificulta: É complicado convencer os chineses a liberar o atleta novamente. O jogador terá que se reapresentar na China e convencer os dirigentes do Shenzhen a renovar o empréstimo.

Vale a pena renovar?

Luiz Zini Pires: “Não. Fez um Brasileirão discreto. Jamais mostrou qualidades para ser titular”.

Cléber Grabauska: “Não é craque, mas é batalhador. Dos três atacantes, é o menos importante. A negociação é cara e complicada. Não deve ser o principal alvo”.

Fonte: GaúchaZH / Foto: Carlos Macedo

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Ir para o topo da página
Pular para a barra de ferramentas