HOME > DESTAQUES > Ofensivo, polivalente e em má fase: quem é Bruno Silva, o volante que está próximo de acerto com o Inter
Ofensivo, polivalente e em má fase: quem é Bruno Silva, o volante que está próximo de acerto com o Inter

Ofensivo, polivalente e em má fase: quem é Bruno Silva, o volante que está próximo de acerto com o Inter

O Inter está perto de contratar Bruno Silva. De acordo com Pedro Ernesto Denardin, a direção colorada vai anunciar em breve o acerto com o volante de 33 anos que, atualmente está no Fluminense. O jogador agrada o comandante do clube desde a temporada de 2017, quando estava no Botafogo. Depois disso, ele também atuou pelo Cruzeiro em 2018.

— O Bruno Silva teve uma passagem sem muito brilho pelo Fluminense. Jamais caiu no gosto da torcida e não vinha tendo muitas oportunidades com o Diniz (Fernando, técnico). No início do ano até a partida contra o Grêmio, vencida pelo Fluminense por 5 a 4, ele era titular do time. Porém, após esse jogo passou por uma artroscopia e acabou perdendo espaço para o Allan. Em tese, a melhor versão do Fluminense não foi com ele em campo. Também teve algumas polêmicas com torcedores. A saída dele será boa para os dois lados. O Fluminense vai economizar e o jogador pode ter mais espaço — recordou Joel Silva, setorista do Fluminense pelo Jornal Lance!, no Rio de Janeiro.

A melhor fase de Bruno Silva foi há dois anos, quando era treinado por Jair Ventura no Botafogo e chegou a estar em uma pré-lista de Tite para a Seleção Brasileira. No entanto, ele não conseguiu manter a boa fase quando se transferiu para a Raposa no ano seguinte.

— O Cruzeiro contratou o Bruno Silva em 2018 pelo que o que ele apresentou no Botafogo. Mas lá ele jogava como um terceiro homem de meio de campo, caindo pela beirada. E ele aparecia muito no ataque como elemento surpresa. Só que, quando ele veio para o Cruzeiro, não fazia essa função. O jogador era reserva, porque o Cruzeiro tinha o Henrique, o Lucas Silva e o Ariel Cabral. E, quando entrava, jogava como um volante mesmo, às vezes como segundo volante e em outras vezes como primeiro volante. Ele não deu certo aqui no Cruzeiro muito porque jogou fora da posição em que ele se destacou — avalia o repórter Guilherme Guimarães, que cobre o Cruzeiro, do jornal Hoje em Dia, de Belo Horizonte.

Bruno Silva não pode atuar na Copa do Brasil, pois já disputou a competição pelo Fluminense. Entretanto, como a equipe carioca não disputa a Taça Libertadores da América, ele pode ser inscrito no torneio internacional.

— Imagino que o Inter esteja contratando o Bruno Silva de 2017, do Botafogo, e não o do Cruzeiro de 2018 e nem o do Fluminense de 2019. Ele teve uma queda de rendimento técnico. Alguns fatores podem explicar isso. Curiosamente, para poder render e produzir ofensivamente, ele precisa estar em um time que jogue sem meias criativos ou com no máximo um meia criativo. Assim ele pode ser essa peça que vai se projetar no setor ofensivo, pisar na área adversário e ao mesmo tempo ajudar na recomposição, quando o time estiver sem a bola — relata o jornalista Rafael Marques, comentarista da Rádio Globo, do Rio de Janeiro, que acrescenta:

— Ele deu certo no Botafogo porque aquele time não tinha um meia. Então, ele tinha a incumbência de dar opção na chegada ao ataque. O Botafogo era um time predominantemente reativo.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Ir para o topo da página
Pular para a barra de ferramentas