HOME > AGRONOTÍCIAS > Para cada dia de atraso no plantio do milho, produtor perde um saco por hectare
Para cada dia de atraso no plantio do milho, produtor perde um saco por hectare

Para cada dia de atraso no plantio do milho, produtor perde um saco por hectare

Uma pesquisa fruto da parceria entre Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) e Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) concluiu que para cada dia de atraso no plantio do milho, o produtor rural perde um saco por hectare. Cada saco tem 60 kg.

Conforme o professor Alencar Junior Zanon, do Departamento de Fitotecnia da UFSM, o projeto que deu origem à pesquisa começou a ser construído na safra 2016/2017 do grão, quando houve o diagnóstico de que o Rio Grande do Sul teria a menor área de plantio na sua história recente: 731 mil hectares.

O dado preocupou a Emater, pois isso implicaria na importação, de outros Estados, como Mato Grosso e Paraná, para, por exemplo, alimentar porcos, galinhas e vacas de leite, aumentando o custo de toda uma cadeira produtiva, o que, no fim, impactaria no bolso do gaúcho.

Para evitar que situação semelhante se repetisse, a Emater buscou a equipe SimulArroz da UFSM, que já desenvolvia pesquisas de produtividade com enfoque no arroz e na soja. Assim, havia uma metodologia já consolidada que poderia ser aplicada ao manejo da lavoura de milho.

Então, houve os pesquisadores acompanharam 103 lavouras desde a safra passada em todo o Rio Grande do Sul. O que os pesquisadores verificaram é respondido pelo professor Zanon.

Comente

Seu email não será exibido. Required fields are marked *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Ir para o topo da página