HOME > DESTAQUES > Pela segunda vez, Renato indica Thiago Neves ao Grêmio. “Estamos na luta”, diz dirigente
Pela segunda vez, Renato indica Thiago Neves ao Grêmio. “Estamos na luta”, diz dirigente

Pela segunda vez, Renato indica Thiago Neves ao Grêmio. “Estamos na luta”, diz dirigente

Pela segunda vez, Renato Portaluppi indica Thiago Neves ao Grêmio. A primeira havia sido na sua passagem pelo clube em 2013, mas o Fluminense foi o destino do meia naquele momento. 

Naquele ano, o técnico assumiu o Grêmio em meio ao Brasileirão, em zona intermediária na tabela de classificação. Renato sugeriu a contratação de um armador qualificado, que desse leveza a um meio-campo em que predominavam jogadores de marcação, como Riveros, Souza e Ramiro. Uma realidade que só se alterava quando o treinador lançava mão do uruguaio Maxi Rodríguez. Thiago Neves, com quem o treinador havia trabalhado no Fluminense em 2007 e 2008, acertou-se outra outra vez com o clube carioca, após passagem pelo Al Hilal, dos Emirados Árabes.

dia 30 de novembro, no primeiro encontro com a direção após sua renovação de contrato, Renato apresentou uma lista de nomes em que Thiago Neves aparecia em primeiro lugar. Já naquele momento, a partir de informação do Centro Digital de Dados (CDD), o supervisor André Zanotta soube que o jogador ainda teria mais um ano de contrato por cumprir com o Cruzeiro. Mas, autorizado pela direção, saiu a campo para tentar a contratação. Neste fim de semana, tentaria um encontro em Belo Horizonte com Itair Machado, vice de futebol cruzeirense.

— Ele adora Renato. E Renato o adora. Será um jogador fundamental, por poder atuar como meia e atacante pelo lado — resume uma fonte próxima ao treinador.

A direção, contudo, mantém a cautela, mesmo que o jogador concorde com a oferta salarial, que gira em torno de R$ 700 mil por dois anos de contrato.

— Estamos na luta, mas não está resolvido ainda — alerta o vice de futebol, Duda Kroeff.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Ir para o topo da página
Pular para a barra de ferramentas