HOME > DESTAQUES > Polícia apreende dinheiro e armas na casa do médium João de Deus
Polícia apreende dinheiro e armas na casa do médium João de Deus

Polícia apreende dinheiro e armas na casa do médium João de Deus

Armas e pistolas foram encontradas na casa do médium João de Deus em Abadiânia (GO), durante buscas realizadas na tarde de terça-feira (18) pela Polícia Civil de Goiás. Além do armamento, a fiscalização encontrou uma grande quantia em dinheiro – o valor não foi divulgado.

Todo o material foi levado para perícia e, nesta quarta-feira (19), a Polícia Civil deverá divulgar detalhes da operação. Além da casa do médium, buscas foram realizadas na Casa Dom Inácio de Loyola, onde o líder espiritual realizava atendimentos para fiéis.

Nova denúncia

A Polícia Civil e o Ministério Público goiano receberam denúncia de que o médium pode ter ligação com um negócio de falsas pedras preciosas. A informação chegou à força-tarefa por meio de uma testemunha, mantida em sigilo, e gerou a abertura de um novo inquérito que deverá ser apurado nas próximas semanas – já que, neste momento, promotores e policiais estão focados na investigação das denúncias de abuso sexual.

Se o caso for confirmado, João de Deus pode ter que responder também por suspeita de estelionato. Questionado sobre o assunto em seu depoimento no domingo, o líder religioso negou participação em algum esquema desse tipo.

Ainda assim, João de Deus é conhecido por atuar no ramo do garimpo, extração e lapidação de pedras. Alguns desses cristais são oferecidos, inclusive, a seus seguidores na Casa Dom Inácio de Loyola, onde ele fazia atendimentos espirituais antes de ser preso.

O médium está cumprindo prisão preventiva no Complexo Penitenciário de Aparecida de Goiânia (GO) desde domingo (16), quando se entregou à polícia. Segundo seus advogados, ele está abatido por ter diversos problemas de saúde e ter dormido num colchão no chão em uma das noites.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Ir para o topo da página
Pular para a barra de ferramentas