HOME > DESTAQUES > Professora leva soco e tem dentes quebrados por irmã de aluno
Professora leva soco e tem dentes quebrados por irmã de aluno

Professora leva soco e tem dentes quebrados por irmã de aluno

Uma professora foi agredida em frente a uma escola municipal, no fim da tarde de quarta-feira (31), em Porto Alegre. O caso aconteceu pouco antes do início do turno da noite, na Escola Municipal de Ensino Fundamental Grande Oriente, no bairro Rubem Berta, na Zona Norte.

A professora, de 59 anos, foi agredida por trás, com socos, e na queda bateu com a boca no chão e quebrou os dentes. Ela chamava um estudante, que estava no pátio da escola, para entrar na na sala de aula. Segundo o boletim de ocorrência, a agressora é irmã de um aluno e teria se incomodado com a cobrança da educadora.

“Nós, enquanto colegas e trabalhadores de educação, estamos tentando trabalhar com as questões pedagógicas do próprio ato, procurando trabalhar com a questão da paz e não com a agressividade. Já conversei com o secretário de Educação e ficou acertado que vem uma equipe da secretaria para trabalhar conosco”, disse o diretor da escola, Geraldo Tadeu Vargas Afonso.

O clima na instituição de ensino pela manhã era de consternação. Em reunião entre a equipe diretiva, foi decidido que as aulas ficam suspensas nesta quinta (1). Alunos, professores e moradores colocaram faixas pedindo paz. Eles organizam uma caminhada, que deve sair da frente da escola e passar por ruas do bairro, a partir das 14h.

“É um desrespeito com um professor que vem ensinar os nossos filhos. Vamos reagir para não acontecer novo”, disse a mãe de dois alunos que estudam na escola, Elizângela de Souza.

Alunos contam que não entenderam a reação da agressora. “Ela tinha que ter dado exemplo para o irmão dela. A professora estava convidando ele para estudar”, disse uma estudante que não quis se identificar.

A educadora trabalha há 36 anos na educação pública e há quatro anos é coordenadora pedagógica nesta escola. “Ela é muito legal. Uma boa pessoa. Sempre quando a gente precisa dela, ela está com a gente. Não tem reclamação dela. Ela é tipo uma psicóloga para todo mundo”, disse outra aluna que não quer ser identificada.

Alunos de escola onde professora foi agredida pedem paz — Foto: Josmar Leite/RBS TV
Alunos de escola onde professora foi agredida pedem paz — Foto: Josmar Leite/RBS TV

A Polícia Civil investiga o caso. A agressora deve ser intimada e interrogada ainda nesta quinta.

A professora recebeu atendimento no Hospital de Pronto Socorro da capital após as agressões e foi liberada.

Em nota, a Secretaria de Educação disse que a professora foi acompanhada pela Guarda Municipal para receber atendimento médico e registrar a ocorrência, e que considera inaceitáveis atos de agressão na comunidade escolar.

Fonte: G1 / Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Ir para o topo da página
Pular para a barra de ferramentas