HOME > DESTAQUES > Temporal na madrugada arranca árvores, causa alagamentos e destelhamentos na Fronteira Oeste
Temporal na madrugada arranca árvores, causa alagamentos e destelhamentos na Fronteira Oeste

Temporal na madrugada arranca árvores, causa alagamentos e destelhamentos na Fronteira Oeste

O temporal registrado entre a noite de terça (8) e madrugada desta quarta-feira (9) causou estragos e prejuízos em municípios da Fronteira Oeste do Rio Grande do Sul.

Em Alegrete, a ventania derrubou um eucalipto sobre a RS-377, na região da Vila Palma, por volta das 4h, provocando a interrupção no tráfego na rodovia. O trânsito foi liberado pouco antes das 7h.

Ainda na cidade, a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) precisou fechar as portas devido ao acúmulo de água no prédio. Falta energia elétrica em parte do município.

Em Alegrete, na Fronteira Oeste do estado, os bombeiros já receberam mais de 50 relatos sobre estragos na cidade — Foto: Flaviane Favero- Alegrete Tudo

Já em Uruguaiana, o temporal se intensificou entre 1h e 3h e atingiu principalmente a zona sul do município. O cenário na cidade é de postes e árvores caídas em vias públicas, e há registros de destelhamentos de residências e lojas.

Segundo informações da Rádio Charrua AM/FM, nas últimas 24 horas, choveu 184,8mm, nas últimas 48 horas, 329mm.

Uruguaiana – Rádio Charrua AM-FM
Uruguaiana – Rádio Charrua AM-FM
Uruguaiana – Rádio Charrua AM-FM
Uruguaiana – Rádio Charrua AM-FM
Uruguaiana – Rádio Charrua AM-FM
Uruguaiana – Rádio Charrua AM-FM

A Escola Municipal de Ensino Fundamental Rui Barbosa sofreu sérios danos em sua estrutura. Conforme levantamento realizado pela direção do educandário, cerca de 70% da cobertura da ala nova da instituição foi danificado pela força do vento registrado na madrugada.

Escola Municipal de Ensino Fundamental Rui Barbosa – Uruguaiana
Escola Municipal de Ensino Fundamental Rui Barbosa – Uruguaiana

Estragos em Bagé

Em Bagé, onde o acumulado de chuva chegou a 70 milímetros durante a madrugada, são registrados diversos pontos de alagamento na manhã desta quarta. Na cidade, a chuva mais forte foi por volta da meia-noite e os bairros mais atingidos foram Getulio Vargas, Arvorezinha e Popular.

LEIA MAIS

Segundo o Corpo de Bombeiros, ainda não é possível confirmar o número de pessoas afetadas e não há informação de feridos. Uma família precisou ser resgatada de uma casa, no bairro Popular, devido à alta da água.

A empresa Rio Grande Energia (RGE) informa que as equipes estão nas cidades avaliando os estragos e iniciando a recomposição da rede. A companhia alerta para que os moradores não encostem em fios energizados por questões de segurança.

1 comentário

Comente

Seu email não será exibido. Required fields are marked *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Ir para o topo da página