HOME > AGRONOTÍCIAS > Valor pago pela saca de soja na região supera R$ 80 pela primeira vez no ano
Valor pago pela saca de soja na região supera R$ 80 pela primeira vez no ano

Valor pago pela saca de soja na região supera R$ 80 pela primeira vez no ano

Uma boa notícia para a economia da região. Pela primeira vez neste ano, a saca de soja bate a marca recorde de R$ 80,50. O produto, que ficou por algumas semanas na faixa de R$ 77 a R$ 79, voltou a ter nova valorização ontem, em decorrência da alta do dólar e do cenário internacional. O aumento é expressivo, de 35%, se compararmos o valor atual com o de um ano atrás, quando a saca era cotada a R$ 59,30. Os poucos produtores que conseguiram ter ainda produto estocado estão vendendo agora por um preço muito bom. A valorização da soja é mais um estímulo para os agricultores plantarem a próxima safra, apesar de aumentos dos custos de produção, já que diesel, adubos e agrotóxicos também subiram muito de preço por causa da alta do dólar.

A valorização da soja está fazendo com que os produtores consigam também bons preços também nas vendas futuras. Segundo o vice-presidente da Cooperativa Tritícola Sepeense (Cotrisel), Sinval Gressler, passou de 150 mil sacas, em 2017, para 700 mil sacas este ano o total de soja já vendida para entregar no final da colheita. É que os contratos para entrega do produto em maio de 2019 estão sendo fechados agora em R$ 80 por saca – receberão esse valor mesmo que, no ano que vem, a cotação for menor.

– Está todo mundo fechando contratos futuros de 20% a 30% da produção para garantir pelo menos os custos da safra – conta Gressler.

O cenário segue de incertezas: tudo pode mudar no preço da soja se o dólar cair após as eleições, ou se China acabar com sobretaxa à soja dos EUA.

Fonte: Diário de Santa Maria / Foto: Divulgação

• Plantio de soja 18/19 no Brasil crescerá 2% e safra será recorde

• Fechamento de fábrica de ureia da Petrobrás prejudica pecuaristas

• Segundo pesquisa, cuidar melhor do solo pode desacelerar o aquecimento global

Comente

Seu email não será exibido. Required fields are marked *

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Ir para o topo da página